James Cameron acabou com a esperança de alguns em filmar a seqüência de Avatar no Brasil.

O convite – feito pelo governador do Amazonas, Eduardo Braga, durante o Fórum Internacional de Sustentabilidade em Manaus – foi recusado de forma contundente pelo diretor.

“Nem sei de onde saiu essa história de filmagens na Amazônia venezuelana. Manterei as mesmas técnicas e tecnologias para fazer a seqüência de Avatar”, garantiu Cameron, sobre a fala de Braga na sexta-feira 26. “Não há uma só cena de florestas verdadeiras no filme original. Tudo foi feito por computadores, e as filmagens reais eram realizadas em um estúdio do tamanho deste auditório”, arrematou, jogando um balde de água fria nas pretensões do político.

Fonte: Meio e Mensagem

Anúncios