A tela ‘Nu au plateau de sculpteur’, do pintor espanhol Pablo Picasso, bateu o recorde de obra de arte mais cara vendida em um leilão no mundo. A pintura foi arrematada a noite desta terça-feira (4), por US$ 106,5 milhões, segundo o jornal norte-americano “The New York Times”.

A obra, que foi pintada em um dia em março de 1932  por Picasso, ultrapassou a escultura “L’homme qui marche I’, de Alberto Giacometti, comprada em fevereiro pela socialite brasileira Lily Safra (viúva do banqueiro Edmond Safra), em Londres, por US$ 104,3 milhões.

O leilão de ‘Nu au plateau de sculpteur’ aconteceu na casa de leilões Christie’s, em Nova York, e durou oito minutos e seis segundos.”

Do G1

Anúncios