“O horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão custará aos cofres públicos – em isenções tributárias previstas em lei – cerca de R$ 850 milhões e terá quase 11 horas de duração, dividias entre publicidade partidária (no primeiro semestre) e eleitoral (durante a campanha).

De acordo com levantamento realizado pela ONG Contas Abertas, o montante que a Receita Federal deixará de arrecadar por conta da propaganda é de R$ 856.359.976,86, dinheiro suficiente para custear um ano de estudo para 635 mil alunos, um contingente de estudantes de rede pública de uma grande capital. A cada minuto de propaganda política, o governo deixará de arrecadar R$ 128 mil em impostos este ano. O custo por segundo é de R$ 2.130.

De acordo com a legislação brasileira, as emissoras de rádio e TV podem deduzir do Imposto de Renda 80% do que receberiam caso o período destinado ao horário gratuito fosse vendido para propaganda comercial. O valor cobrado pelos comerciais são comprovados, por meio de notas fiscais, pelas emissoras. Essa nota não pode ser discrepante de outras operações com a iniciativa privada nos 30 dias anteriores e 30 dias posteriores a essa data”.

(…)

Do AdNews

Anúncios